Ex-Guitarrista do Korn:”é fácil ser corajoso atrás da tela de um computador”


James Wright, do Blistering.com, recentemente conduziu uma entrevista com o antigo guitarrista do KORN, Brian “Head” Welch, que falou sobre sua atual carreira solo.

https://i2.wp.com/media.salemwebnetwork.com/CCM/CMS/ImageGallery/artists/Brian%20Welch/_BrianHeadWelch%20-%20250--.250w.tn.jpg

Blistering.com: Você acha que o modo como o Korn estourou nas paradas de sucesso mudou as pessoas e suas atitudes?

Head: “A maior diversão que tive enquanto estava no Korn foi quando estávamos trabalhando nossa ascensão, mas uma vez no topo, ficou como ‘Certo, agora vamos pra onde?’. E só havia um caminho para seguir e era para baixo. Nós ainda estávamos no comando e o Korn ainda era grande, mas era como se tivéssemos que escalar esta montanha e uma vez no topo, a diversão acabou. Se tornou uma carreira e deixou de ser um sonho”.

Blistering.com: Você está escalando a montanha novamente com seu trabalho solo?

Head: “Sim, certamente, mas é diferente agora porque não é sobre mim, seguindo meu sonho de ser uma estrela do rock, mas sobre pessoas gostando da música. Eu fui a um show recentemente, eu sempre fui aquela pessoa no palco, mas agora eu estava no meio das pessoas e pude ver todos os fãs cantando as músicas e quão felizes eles estavam. Foi então que ficou claro que não é sobre o artista, mas sobre o dom que o artista tem de entreter as pessoas”.

Blistering.com: Seu álbum solo realmente leva os ouvintes de volta ao som do Korn antigo.

Head: “Obrigado, cara. Eu meio que voltei para as coisas que eu amo. Eu perdi a diversão com a música e quando saí da banda, pude voltar e fazer somente o que amo. Então eu fui e descobri que o som que eu amo sem me preocupar se seria tocado no rádio ou qualquer coisa parecida. Também, eu precisava falar sobre o que eu passei, então houve esta conexão entre o novo e o velho eu”.

Blistering.com: Você tem sido muito sincero quanto a sua fé, mas tem sido difícil corresponder às expectativas de alguns membros da igreja sobre o que você deveria ser?

Head: “Eu somente faço o que eu quero. Os únicos que me atacaram foram pessoas do MySpace que mandaram mensagens. É fácil para as pessoas serem corajosas por trás de uma tela de computador e criticarem você, mas quando você encontra pessoalmente, elas são mais legais e dizem coisas como ‘Não querendo julgar nem nada, mas o que há com as garotas no vídeo?’, eu não sinto pressão, porque para mim, o álbum é vida real. É sexo, drogas e rock’n’roll, mas eu estou salvo disto. Eu não vejo a diferença entre falar sobre isto, e colocar na forma de vídeo e mostrar. Eu não farei estes vídeos cristãos de baixa qualidade que alguns desejam que eu faça”.

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) clicando neste link.

Via Whiplash

Anúncios

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s