Lars baixa ilegalmente o Death Magnetic

Lars Ulrich and James Hetfield during the Deat...
Imagem via Wikipedia

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, que deixou muitos fãs raivosos ao iniciar uma batalha contra o Napster em 2000 anti-download ilegal de música, admitiu em entrevista recente que ele também usou a internet para obter um álbum completo sem pagar por ele. “Eu me sentei lá e baixei o [último CD do Metallica] ‘Death Magnetic’ [ilegalmente] da internet só pra testar”, disse ele a Eddie Trunk da série “That Metal Show” da VH1 Classic.

“Foi como, ‘Uau, é assim que funciona’. Eu achei que se tinha alguém que tinha o direito de baixar o ‘Death Magnetic’ de graça, era eu. Eu sentei lá uma noite em minha casa com cerca de seis de meus amigos e uma garrafa de vinho. E como que chamava isso?! [Tentando lembrar do nome do cliente de compartilhamento de arquivos que ele usou para baixar o álbum] Nós o achamos – foi tipo dois ou três dias depois que [o ‘Death Magnetic’] vazou. Eu estava tipo, ‘Quer saber? Eu preciso tentar isso’. Então eu sentei lá, e trinta minutos depois, eu tinha o ‘Death Magnetic’ no meu computador. Foi meio bizarro.”

Via MetalRemains

Anúncios

Dave Mustaine do Megadeth agradece ao Metallica

Dave Mustaine, Zlin, Czech Republic, Mar 7 2008
Image via Wikipedia

Dave Mustaine emitiu uma carta aberta ao Metallica no que diz respeito a sua inclusão no Rock and Roll Hall Of Fame.

Falando no site oficial do Megadeth, Dave Mustaine disse: “Metallica, como sabem, foi selecionada para ser incluído no Rock and Roll Hall of Fame. Então, é com muito respeito que eu digo parabéns! ”
“Também tive a agradável surpresa de saber que me chamaram para a festa de pré-cerimônia da noite anterior e, em seguida, para a cerimônia real. Infelizmente, como todos sabem, vou estar na Europa em tour com Judas Priest e, por isso, ficarei impossibilitado de participar. No entanto, gostaria de dizer ao Lars (Ulrich) e James (Hetfield), estou muito orgulhoso de tudo o que vocês tem realizado. Vou continuar a rezar para melhor de vocês e suas famílias, como eu sempre tenho. ”
“Obrigado pelo convite e pensar de mim.”

Para quem não sabe Dave participou da formação inicial do Metallica e foi “expulso” da banda por beber muito e dificultar a vida da banda.

Via MetalHammer

Reblog this post [with Zemanta]

Entrevista com Slayer: Metallica pode fazer melhor

A Revista semanal inglesa KERRANG!, em sua edição 1237, de novembro passado, intermediou perguntas entre os fãs e leitores da revista com TOM ARAYA e KERRY KING, baixista/ vocalista e guitarrista, respectivamente, do SLAYER. Os fãs tiveram liberdade total para elaborar o conteúdo das perguntas, e as questões foram escolhidas via sorteio. O que segue é a tradução da matéria na íntegra.

Há algo estranhamente normal nos dois homens presentemente ocupando um quarto dentro de um dos hotéis mais badalados do lado Oeste de Londres. Em apenas algumas horas, estes mesmo indivíduos irão apresentar-se num palco do Hammersmith Apollo em frente de 4 mil pessoas, mandando canções sobre tudo desde os perigos da guerra até as escuras entranhas da religião. Mas agora, enquanto eles bebem chá e assistem enormes telas de televisão adornando as paredes, esses dois homens de meia-idade quase que poderiam ser qualquer pessoa no mundo.

“Isso não é muito Metal, né?”, ri o frontman do Slayer Tom Araya, sentado sozinho num sofá próximo enquanto o guitarrista Kerry King gasta o piso. “Eu vou tentar parecer um pouco mais assustador na entrevista. Eu não iria querer que as pessoas pensassem que não há absolutamente nenhuma chance de eu assassina-las!”

Por um quarto de século, a dupla liderou uma das bandas de Metal mais controversas e amadas do mundo. Mas enquanto eles têm encarado e superado desafios que iriam descarrilar muitas bandas – de inúmeros protestos contra shows até o banimento do último disco “Christ Illusion” na Índia – hoje eles estão prontos para enfrentar sua tarefa mais difícil até hoje: responder questões de vocês.

“Eu aposto que há muitas questões sobre a merda que eu me envolvi ao longo dos anos, certo?” pergunta King com um sorriso cínico. “Pra ser honesto, eu ficaria meio que desapontado se não houvesse.”

Só há uma maneira de saber, cavalheiro…

https://i0.wp.com/i31.photobucket.com/albums/c386/cawseimablonde/TomArayaBW.jpgQUANDO VOCÊS COMEÇARAM, VOCÊS POR ALGUMA VEZ PENSARAM QUE APÓS TANTOS ANOS VOCÊS TERIAM SE TORNADO UMA DAS BANDAS MAIS ADORADAS DO MUNDO?

Kerry King: “Não exatamente. No começo a gente só queria passar de show em show, de disco pra disco e de turnê pra turnê. A gente tem lançado discos por 25 anos já, mas eu ainda não nos considero nem próximos do patamar de bandas com o BLACK SABBATH, Iron Maiden ou JUDAS PRIEST”.

Tom Araya: “Eu nunca nem achei que a gente chegaria a 25 anos. Tudo que eu sempre sonhei era lançar um compacto!”

O KERRY PLANEJA PARAR DE SE TATUAR UM DIA?

Kerry: “Ainda tenho muito espaço! Na verdade eu tenho minha própria cadeira de tatuagem em minha casa, então quando tatuadores amigos meus vão lá eu tento pensar em algo que eu gostaria que eles fizessem. Eu já estou planejando minha próxima, que vai ser o Anjo da Morte do filme Hellboy 2.”

KERRY, QUAL FOI A DA SUA TRETA COM ROB FLYNN (MACHINE HEAD)?

Kerry: “A gente caiu numa guerra verbal, e eu não sou de pedir arrego. Eu não sei o que eu disse pra ele se irritar, porque eu sempre considerei o MACHINE HEAD muito bem. A gente levou eles na primeira porra de turnê deles, pelo amor de Deus! Tá tudo bem agora, entretanto. Tão logo possamos alinhar nossas programações, tenho certeza que excursionaremos juntos de novo”.

TOM, DIZEM QUE VOCÊ É MEIO CHEGADO NUMA ERVA. VOCÊ FUMA TANTO QUANTO O KERRY BEBE?

Tom: “De jeito nenhum! Kerry bebe muito então se eu quisesse acompanhar ele no fumo eu não estaria fazendo essa entrevista agora, eu estaria dormindo em algum canto perdendo tudo quanto é compromisso que eu tenho!”

É VERDADE QUE DEPOIS DO PRÓXIMO DISCO O Slayer VAI PENDURAR AS CHUTEIRAS?https://i0.wp.com/img.mediaspanonline.com/5163/295085.jpg

Kerry: “Acho que não. Muitas pessoas podem presumir isso porque a gente não fez muita coisa no último ano, mas desde que começamos a nos apresentar de novo, eu tô curtindo muito. Estamos planejando lançar um disco em 2009, e eu posso facilmente nos ver lançando um ou dois depois disso”.

Tom: “Nós sempre fomos uma banda que vive dia após dia, e eu acho que vamos continuar até que alguém diga que eles não curtem mais isso”.

EU SOU UM FÃ DO DVD AO VIVO ONDE LITERALMENTE CHOVE SANGUE DURANTE O BIS. QUAL O GOSTO DE SANGUE FALSO?

Kerry: “Xarope de milho! È basicamente isso. Sinto muito, mas não é lá grande coisa!”

Tom: “A parte triste é que mesmo que quiséssemos fazer isso de novo, nós não conseguiríamos. Nosso antigo lugar de ensaio foi arrombado alguns anos atrás e eles roubaram tudo, inclusive o mecanismo de chuva”.

Para continuar lendo clique aqui.

Via Whiplash

Wes está de volta ao Limp Bizkit

Após diversas afirmações falando que não voltaria ao LP o guitarrista Wes confirmou que irá gravar o próximo CD da banda. Ele confirmou em entrevista ao site The Armpit. Onde disse “Para os que não acreditam, há um novo álbum a caminho, nova turnê, isso vai acontecer…“.

Entrevista com MARC RIZZO guitarrista do SOULFLY

Infelizmente não achei a versão traduzida em português

Mike do NOFX não gosta do Avenged Sevenfold

https://i0.wp.com/images.starpulse.com/Photos/Previews/AvengedSevenfoldWB001.jpg

De acordo com o The Pulse of Radio Fat Mike, vocal do NOFX meteu o pau na banda Avenged Sevenfold. Quando questionado sobre o que havia de errado com a música hoje em dia ele respondeu: “Avenged Sevenfold é o maior exemplo do que há de errado com o rock and roll. Eles apoiam Bush. Apoiam a guerra no Iraque. Não aceitam um drink por ter que tocar no dia seguinte, mas contam a todos que zoam o tempo todo. Entretanto, alguns jogam bem poker.”

Descordo de Mike, até porque eu vi o show dos caras aqui e eles beberam pra caralho no palco, pelo menos o guitarra solo Sinister Gates. E em apoiar a guerra, acho estranho já que a música M.I.A deles do álbum City of Evil é justamente para os amigos deles que foram para a guerra.

Via Blubbermouth

Satriani perseguirá o Coldplay

http://mestredasletrinhas.files.wordpress.com/2008/05/satriani.jpg

Os advogados do Joe Satriani estão planejamendo entregar ao Coldplay a carta do processo sobre o possível plágio no Grammy Awards, (esse sábado), de acordo com repórteres. Satriani afirmou em Dezembro que a banda britânica havia plagiado sua música “If I Could Fly” no seu seingle “Viva La Vida”.

Entretanto, a banda negou o plágio e Chris Martin (vocal do Coldplay) disse que as similaridades foram uma coincidência. Com o Coldplay na lista das performances do Grammys, Fox News disse que o advogado do Satriani, Howard King contratou um grupo de pessoas para seguir a banda por onde eles forem para entregar a eles a papeladas do processo.

Rumores dizem que King também contratou uma equipe para filmas as tentativas da entrega. Bom agora é esperar para ver no que vai dar. Mas achei um pouco infantil por parte do advogado. O Satriani é um guitarrista renomado poderia resolver isso de outra maneira, do jeito que está indo parece que ele quer aparecer na mídia pelo o que aconteceu.

Traduzido de Ultimate Guitar