EA reduz preços de jogos, sem desculpas para a pirataria

A Eletronic Arts Brasil anunciou no começo de fevereiro sua nova tabela de preços com descontos significativos para alguns de seus games para PC. Apesar de não passar de uma tabela de referência seus distribuidores oficiais sempre

Mercenaries 2: World in Flames
Imagem via Wikipedia

seguiram a política de preços determinada pela empresa, portanto ainda esse mês os novos valores já deverão ser repassados aos consumidores. Títulos que tiveram seus preços alterados:

MySims Preço Sugerido R$ 29,90.

Thrillville: Off the Rails Preço Sugerido R$ 29,90.

– Battlefield 2142 Preço Sugerido R$ 69,90.

– Mass Effect Preço Sugerido R$ 49,90.

Medal of Honor Airborne Preço Sugerido R$ 49,90.

Mercenaries 2: World in Flames Preço Sugerido R$ 49,90.

Command & Conquer 3: Tiberium Wars Preço Sugerido R$ 59,90.

– Command & Conquer 3: Kane’s Wrath Preço Sugerido R$ 59,90.

Lord of the Rings: Battle for Middle-Earth 2 Preço Sugerido R$ 59,90

– Lord of the Rings: Rise of the Lich King Preço Sugerido R$ 59,90.

Need for Speed Most Wanted Preço Sugerido R$ 59,90.

Need for Speed Carbon Preço Sugerido R$ 59,90.

Need for Speed ProStreet Preço Sugerido R$ 59,90.

– Need for Speed Undercover Preço Sugerido R$ 99,90.

– Madden 08 Preço Sugerido R$ 29,90.

Tiger Woods PGA 08 Preço Sugerido R$ 29,90.

Tem uns 3 ae que eu vou comprar. EA mandou bem!

Via Forumpcs

Entrevista com Slayer: Metallica pode fazer melhor

A Revista semanal inglesa KERRANG!, em sua edição 1237, de novembro passado, intermediou perguntas entre os fãs e leitores da revista com TOM ARAYA e KERRY KING, baixista/ vocalista e guitarrista, respectivamente, do SLAYER. Os fãs tiveram liberdade total para elaborar o conteúdo das perguntas, e as questões foram escolhidas via sorteio. O que segue é a tradução da matéria na íntegra.

Há algo estranhamente normal nos dois homens presentemente ocupando um quarto dentro de um dos hotéis mais badalados do lado Oeste de Londres. Em apenas algumas horas, estes mesmo indivíduos irão apresentar-se num palco do Hammersmith Apollo em frente de 4 mil pessoas, mandando canções sobre tudo desde os perigos da guerra até as escuras entranhas da religião. Mas agora, enquanto eles bebem chá e assistem enormes telas de televisão adornando as paredes, esses dois homens de meia-idade quase que poderiam ser qualquer pessoa no mundo.

“Isso não é muito Metal, né?”, ri o frontman do Slayer Tom Araya, sentado sozinho num sofá próximo enquanto o guitarrista Kerry King gasta o piso. “Eu vou tentar parecer um pouco mais assustador na entrevista. Eu não iria querer que as pessoas pensassem que não há absolutamente nenhuma chance de eu assassina-las!”

Por um quarto de século, a dupla liderou uma das bandas de Metal mais controversas e amadas do mundo. Mas enquanto eles têm encarado e superado desafios que iriam descarrilar muitas bandas – de inúmeros protestos contra shows até o banimento do último disco “Christ Illusion” na Índia – hoje eles estão prontos para enfrentar sua tarefa mais difícil até hoje: responder questões de vocês.

“Eu aposto que há muitas questões sobre a merda que eu me envolvi ao longo dos anos, certo?” pergunta King com um sorriso cínico. “Pra ser honesto, eu ficaria meio que desapontado se não houvesse.”

Só há uma maneira de saber, cavalheiro…

https://i0.wp.com/i31.photobucket.com/albums/c386/cawseimablonde/TomArayaBW.jpgQUANDO VOCÊS COMEÇARAM, VOCÊS POR ALGUMA VEZ PENSARAM QUE APÓS TANTOS ANOS VOCÊS TERIAM SE TORNADO UMA DAS BANDAS MAIS ADORADAS DO MUNDO?

Kerry King: “Não exatamente. No começo a gente só queria passar de show em show, de disco pra disco e de turnê pra turnê. A gente tem lançado discos por 25 anos já, mas eu ainda não nos considero nem próximos do patamar de bandas com o BLACK SABBATH, Iron Maiden ou JUDAS PRIEST”.

Tom Araya: “Eu nunca nem achei que a gente chegaria a 25 anos. Tudo que eu sempre sonhei era lançar um compacto!”

O KERRY PLANEJA PARAR DE SE TATUAR UM DIA?

Kerry: “Ainda tenho muito espaço! Na verdade eu tenho minha própria cadeira de tatuagem em minha casa, então quando tatuadores amigos meus vão lá eu tento pensar em algo que eu gostaria que eles fizessem. Eu já estou planejando minha próxima, que vai ser o Anjo da Morte do filme Hellboy 2.”

KERRY, QUAL FOI A DA SUA TRETA COM ROB FLYNN (MACHINE HEAD)?

Kerry: “A gente caiu numa guerra verbal, e eu não sou de pedir arrego. Eu não sei o que eu disse pra ele se irritar, porque eu sempre considerei o MACHINE HEAD muito bem. A gente levou eles na primeira porra de turnê deles, pelo amor de Deus! Tá tudo bem agora, entretanto. Tão logo possamos alinhar nossas programações, tenho certeza que excursionaremos juntos de novo”.

TOM, DIZEM QUE VOCÊ É MEIO CHEGADO NUMA ERVA. VOCÊ FUMA TANTO QUANTO O KERRY BEBE?

Tom: “De jeito nenhum! Kerry bebe muito então se eu quisesse acompanhar ele no fumo eu não estaria fazendo essa entrevista agora, eu estaria dormindo em algum canto perdendo tudo quanto é compromisso que eu tenho!”

É VERDADE QUE DEPOIS DO PRÓXIMO DISCO O Slayer VAI PENDURAR AS CHUTEIRAS?https://i0.wp.com/img.mediaspanonline.com/5163/295085.jpg

Kerry: “Acho que não. Muitas pessoas podem presumir isso porque a gente não fez muita coisa no último ano, mas desde que começamos a nos apresentar de novo, eu tô curtindo muito. Estamos planejando lançar um disco em 2009, e eu posso facilmente nos ver lançando um ou dois depois disso”.

Tom: “Nós sempre fomos uma banda que vive dia após dia, e eu acho que vamos continuar até que alguém diga que eles não curtem mais isso”.

EU SOU UM FÃ DO DVD AO VIVO ONDE LITERALMENTE CHOVE SANGUE DURANTE O BIS. QUAL O GOSTO DE SANGUE FALSO?

Kerry: “Xarope de milho! È basicamente isso. Sinto muito, mas não é lá grande coisa!”

Tom: “A parte triste é que mesmo que quiséssemos fazer isso de novo, nós não conseguiríamos. Nosso antigo lugar de ensaio foi arrombado alguns anos atrás e eles roubaram tudo, inclusive o mecanismo de chuva”.

Para continuar lendo clique aqui.

Via Whiplash

Poster do documentário do Iron Maiden

Lembra que eu postei aqui a um tempo atrás sobre o intitulado “IRON MAIDEN: FLIGHT 666”, o filme acompanha a trajetória da banda durante a primeira parte da ambiciosa turnê mundial “Somewhere Back In Time”, entre os meses de fevereiro e março de 2008. Vejam o poster do filme:

https://i0.wp.com/jphca.powweb.com/imagens-e/news3/ironmaiden_poster.jpg

Já ouviu falar de Imbyra? Banda de brasileiros

https://i0.wp.com/i46.photobucket.com/albums/f129/frpalmeiras/imbyracd2.jpg

A um tempo atrás um amigo meu me indicou essa banda. Vale a pena escutar! Após ter deixado a banda californiana HIRAX no final de 2007, o baterista Fabricio Ravelli acaba de lançar o primeiro álbum de sua banda, IMBYRA. O CD, intitulado “I Now Proclaim” foi produzido pelo próprio baterista, ao lado de Mauro Jiuliany (vocal/guitarra).

Escute

Videogame brasileiro chega ao mercado

O Brasil vai entrar na briga pelo mercado mundial dos videogames em breve. De acordo com Kirk Johnson, representante da Qualcomm e vice-presidente da Zeebo Inc. para parcerias estratégicas, o console fabricado em parceira pela companhia americana e pela brasileira Tectoy deve chegar às lojas já em março. O lançamento, no entanto, será feito apenas para teste de mercado, em região do país ainda a ser definida.

Até junho, no entanto, o aparelho deve ser disponibilizado para todo o país. De acordo com Johnson, o videogame deve entrar na briga com os aparelhos mais caros, como o Xbox 360, da Microsoft, o PlayStation 3, da Sony, e o Wii, da Nintendo, em países emergentes, como Brasil, Rússia e Índia. “Vamos entrar como uma opção para o consumidor que está acostumado a consumir produtos piratas, já que cada jogo deve custar entre US$ 5 e US$ 15, e será baixado diretamente da internet, sem a necessidade de se locomover até uma loja física”, afirmou Johnson ao G1 em Barcelona, onde a Qualcomm participa do Mobile World Congress 2009.

https://i0.wp.com/g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/foto/0,,18060958-FMM,00.jpg

O Zeebo será fabricado em Manaus, tem previsão de preço de R$ 599 e virá acompanhado de um controle e seis jogos na memória: “Fifa”, “Brain challenge”, Super action hero”, “Prey evil”, “Need for speed” e “Quake”. A tecnologia que permitirá que os jogos sejam baixados da rede foi desenvolvida pela Qualcomm. O Zeebo conecta-se via 3G a uma rede própria, a Zeebonet 3G. Nos locais onde o sinal não estiver disponível, o console pode conectar-se ao sistema EDGE (das redes de celular comuns). Uma vez ligado à rede, o jogador poderá comprar créditos pré-pagos para baixar os jogos. Em novembro de 2008, a Tectoy afirmou que os créditos para aquisição dos jogos poderão ser adquiridos via boleto bancário, cartáo de crédito, de débito ou mesmo por cartões vendidos em lojas.

Catálogo de jogos A previsão da Tectoy é que até março de 2009 existam 19 jogos no catálogo do Zeebo, número que pode chegar a 51 até dezembro. Produtoras como Electronic Arts, Namco, Capcom, Activision, Sega e id estão na lista de parceiros na produção de jogos para o videogame. Assim como o Wii, da Nintendo, o controle do Zeebo é dotado de sensores de movimento, que devem ser utilizados para controlar algumas funções dos jogos disponibilizados para download. Na demonstração do game “Fifa”, em Barcelona, as funções não estavam disponíveis para este uso, no entanto. Mas, de acordo com Johson, isso fará parte de outros games vendidos já à época do lançamento do videogame. “O Brasil é um mercado muito interessante, onde há muitos jovens interessados em jogar, mas sem renda disponível para gastar em equipamentos e jogos caros”, afirma o executivo.

Segundo ele, a parceria com uma empresa brasileira como a Tectoy foi essencial para a criação de um videogame de baixo custo. “Vamos começar no Brasil. De lá, vamos para a América Latina e para a Rússia”. Não está descartada, no entanto, a chegada do Zeebo a mercados mais competitivos, como Estados Unidos e Europa. “Se o aparelho for bem aceito, não há motivos para limitar sua venda”. Sony, Microsoft e Nintendo já vendem games mais simples para os jogadores chamados de “casuais” por meio de downloads. No entanto, para ter acesso a esses jogos, é necessário comprar aparelhos mais caros que o Zeebo, que será vendido a cerca de US$ 200, sem subsidios, em qualquer país, afirma Johnson.

Achei animal essa atitude de lançar um VDG brazuca. Mas 599 reais é palhaçada né? Um play 2 custa 499, e tem muito mais games e com gráficos muito mais legais. Devia custar uns 299 reais.

Via G1/Globo

Mais detalhes do Dead Space para o Wii

A Electronic Arts revelou através de um release oficial novas informações sobre Dead Space: Extraction, versão par ao Nintendo Wii de seu survival horror lançado originalmente no Xbox 360, PlayStation 3 e PC. Diferente do que muitos imaginavam, a versão para o Wii será na verdade um prequel, ou seja, contará a história do que aconteceu antes do título original.

Esta versão trará também uma perspectiva diferente, colocando o jogador na pele de um dos habitantes da nave atacada pelo mutante vírus alien, além de adotar uma visão em primeira pessoa o que promete deixar a ação ainda mais tensa. O título fará grande uso dos controles sensíveis ao movimento do Nintendo Wii permitindo que o jogador mire diretamente na tela usando o Wiimote como pointer. Entretanto, sua jogabilidade será um pouco limitada em relação à capacidade de exploração já que toda a ação será ”on-rails”, isto é, seguirá uma espécie de trilho assim como acontece com Resident Evil: Umbrella Chronicles, impedindo então que o jogador possa se mover livremente, seguindo sempre um caminho pré-determinado. Ainda assim os produtores prometem um título único onde vários destrancáveis e segredos estarão bem escondidos, sendo descobertos apenas pelos mais atentos e habilidosos jogadores.

Por último teremos novos personagens, armas inéditas, inimigos, puzzles além de um sistema de cooperativo multiplayer. Ainda não ficou confirmado se o cooperativo poderá ser feito através de partidas online. Dead Space: Extraction tem previsão de lançamento marcada para o fim deste ano e será exclusivo para o Nintendo Wii.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Via FinalBoss

Reblog this post [with Zemanta]

Mais cenas in-game do Prototype

Foi divulgado um vídeo inédito narrado e com cenas in-game do Prototype, game de ação em desenvolvimento pela Radical Entertainment para PC, Playstation 3 e Xbox 360. Previsto para o mês de junho, Prototype conta a história de Alex Mercer, um homem modificado geneticamente e que precisa desvendar uma misteriosa conspiração e hordas de mutantes na cidade de Nova Iorque. Prototype terá dublagem de astros de Hollywood como Barry Pepper (sniper do filme O Resgate do Soldado Ryan), Gordon Clapp e Paul Guilfoyle (do seriado CSI), entre outros. Confira, abaixo, o vídeo.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Esse jogo vai ser foda!

Via GamesBrasil

Reblog this post [with Zemanta]